Pregações
Uma batalha pela família
10 de outubro de 2011 às 08:00
Pr. Christian Lo Iacono
Quando o pecado bate a porta

Quando lemos a carta de Paulo aos efésios, podemos chegar a uma conclusão: a família toda naquela época costumava participar dos cultos para ouvir a palavra de Deus. Esposas, maridos, pais e filhos (Ef 5.22-6.4) recebiam orientação específica sobre como cada um deles deveria agir para o bem-estar de sua família (e, consequentemente, da sociedade) quando essa carta de Paulo era lida pelo presbítero da igreja de Éfeso no culto público. Fico pensando na nossa situação hoje: quantos da nossa casa podemos ter ao nosso lado no nosso culto a Deus? Alguns até dirão: “glória a Deus, eu e a minha casa servimos ao Senhor”. Mas talvez outros não tenham a mesma condição. No entanto, não podemos nos esquecer daquelas palavras de Paulo ao carcereiro filipense: “crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa” (At 16.31).

De fato, a situação dos nossos dias já havia sido prevista pelo apóstolo Paulo: “nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão egoístas..., desobedientes aos pais, ingratos...” (2Tm 3.1-2). E é por isso que a igreja não pode abrir mão da educação cristã dos seus filhos. Ser pai é mais do que dar à luz a um bebê. É função dos pais também zelar pela subsistência de seus filhos, contribuindo para o desenvolvimento completo deles. Aqui mais uma vez a carta aos efésios pode nos ajudar. Paulo diz que os pais devem “criar” os seus filhos “na disciplina e na admoestação do Senhor” (Ef 6.4). O verbo que Paulo utiliza nesse texto (“criar”) significa literalmente “nutrir” ou “alimentar”. Isso quer dizer que nossos filhos dependem muito de nós quanto ao seu desenvolvimento espiritual, emocional e mesmo físico!
Essa batalha pela família não é somente um empenho de um setor da igreja, ou daqueles pais que ainda têm filhos pequenos, ou daqueles pais que têm filhos, embora maiores. Essa luta é da avó, do avô, dos tios, dos solteiros, dos pastores, de todos nós. Afinal, a família foi a primera instituição que Deus criou, e ela foi pensada para o nosso bem-estar, sendo uma expressão da própria relação de Deus conosco, como seus filhos. Por isso, nos comprometamos com essa batalha, orando em todo tempo no Espírito, intercedendo e suplicando, em plena certeza de fé, e que todos nós, juntos, possamos dizer, desde agora: “eu e a minha casa serviremos ao Senhor”.
 
*** Nossos encontros de família com filhos até 11 anos ocorrem todo último sábado de cada mês, às 15h. Já os adolescentes, de 12 a 16 anos, têm a sua reunião mensal todo penúltimo sábado de cada mês, também às 15h. Os jovens têm a sua reunião toda sexta-feira, às 20h.
Compartilhe
Links Relacionados


0 Comentários

Não há nenhum comentário postado

Postar comentário

 Nome *
 E-mail * (Seu e-mail não será divulgado)

Máximo 500 caracteres



Validação Anti-Spam: Quanto é 3 mais 3? *
 * Campos com preenchimento obrigatório
Parceiros
Enquete
Qual é sua maior dificuldade em relação a bíblia?



Acompanhe-nos no Facebook!
Como Chegar
Av. Presidente Franklin Roosevelt, 313, Porto Alegre - RS
Fones: 51 3275 9780 / 51 3275 9799
Ver em um mapa maior
   
Conecte-se Conosco
Copyright © Encontros de Fé 2011